Concurso da Polícia Federal 2021 – Reabertura das Inscrições em 30 De Março

Você alguma vez já parou para pensar o quão interessante e vantajoso seria se você conquistasse uma vaga de emprego através de um concurso público? Os mesmos são considerados por muitas pessoas, uma das melhores formas de você conquistar um bom emprego, que ofereça uma boa remuneração e justa carga horária.

De forma bastante breve, os mesmos consiste na aplicação de uma avaliação de questões objetivas, que por sua vez, possui caráter eliminatório. O seu conteúdo programático vai desde questões sobre conhecimentos gerais, até conhecimentos específicos.

No entanto, apesar desta alternativa de conquistar um bom emprego ser bastante vantajosa, é fundamental  deixarmos claro que a mesma é também bastante trabalhosa, necessitando não só de muito estudo, mas também, uma eficiente organização.

Dentre todos os concursos públicos que estão previstos para acontecerem este ano, podemos ressaltar o da Polícia Federal  que por sua vez, tiverem suas inscrições abertas no dia 30 de março. Portanto, para que você possa obter mais informações detalhadas a respeito, sugerimos que continue lendo e conferindo todo o conteúdo deste artigo.

Concurso da Polícia Federal 2021 reabre inscrições a partir desta terça, 30 de março

Segundo um documento que foi publicado no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (também conhecido como Cebraspe), Polícia Federal efetuou novamente a abertura das inscrições para o concurso que conta com cerca de 1,5 mil vagas (do próprio órgão) no dia 0 de março de 2021.

Entretanto, esta reabertura é voltada somente às pessoas com alguma deficiência.

A mesma foi realizada para se cumprir a sentença proferida em Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Federal (MPF), já que houve uma audiência de conciliação na última quarta-feira (24), no qual estava sendo solicitada que a apresentação de laudo multidisciplinar fosse excluída.

Para o MPF (sigla referente ao Ministério Público Federal) Estatuto da Pessoa com Deficiência não requer qualquer prova antecipada de candidatos, coisa que foi exigida no edital deste concurso público.

Portanto, aqueles que enquadram se no grupo de PcD, ou seja, Pessoa com Deficiência, poderá efetuar a sua inscrição no novo prazo determinado, no qual será necessário apresentar apenas um simples laudo médico comprovando a sua condição, subscrito por apenas um médico.

Entretanto, é importante que atende-se ao fato de que tal lado não deve ser mais antigo do que 12 meses.

Qual o novo cronograma?

Para que você possa se inteirar de todas as novas situações, confira a seguir um breve cronograma das principais datas de tal concurso:

  • Das 10h do dia 30 de março às 18h do dia 1º de abril foi o período de inscrição.
  • No dia 12 de abril será feita a consulta à situação de solicitação de isenção e também o atendimento especial.
  • Também no dia 12 de abril haverá a relação provisória de candidatos com inscrição deferida para PcD.
  • Das 10h do dia 13 de abril às 18h do dia 14 de abril ocorrerá a interposição de recursos contra situação provisória de solicitação de isenção de taxa e atendimento especial.
  • No dia 20 de abril acontecerá a consulta individual à situação final de solicitação de isenção de taxa.
  • Também no dia 20 de abril haverá a última relação de candidatos com inscrição deferida para concorrer como PcD.
  • O prazo destinado ao pagamento da taxa de inscrição vai desde o dia 22 até 28 de abril.

Remuneração e carga horária

O valor da remuneração mensal dos cargos que estão sendo disponibilizados a partir deste concurso público, pode chegar à R$ 23,6 mil (vinte e três mil e seiscentos reais).

E em relação à sua jornada de trabalho, a mesma é de no mínimo 40 horas por semana.

É interessante ressaltarmos o fato de que através de uma simples conta, pode-se chegar à conclusão que a média de candidatos que concorrem à uma mesma vaga é de 300.